Estamos entregando em todo o Brasil 🇧🇷

Bíblia Textual - Luxo Marrom

Estudo contextual

Bíblia
(Código: 10215)
R$ 190,00  (Economize 21%)
10x de R$ 14,99 (sem juros)
ou R$ 149,90 (no boleto ou cartão de crédito)
Este produto está em pré-venda. A previsão do fornecedor da chegada deste produto em nossa loja é de 03/08/2020.
Disponível em Pré-venda
Comprar

Compra Garantida, receba o produto que está esperando ou devolvemos o dinheiro.

Acompanhe seu pedido por Email e Whatsapp até a entrega em sua casa.

Pague com: Formas de pagamento

Mais Detalhes

Uma das bíblias mais aguardadas finalmente chega ao Brasil: Bíblia Textual (BTX).

A Bíblia Textual é uma bíblia textualmente correta.

Antes de traduzir palavras e frases da Escritura, o intérprete há de se interessar por um problema precedente: "Qual é o texto original da passagem bíblica?"

Surgem então dois fatos:

1 - Nenhum dos manuscritos originais das Escrituras existe na atualidade;
2 - As cópias existentes diferem umas das outras.

Ao ser escritos em frágil papiro, os originais logo foram destruídos ou perdidos, e cópias manuscritas existentes exibem entre si múltiplas diferenças, chamadas variantes textuais. Desde Jó, seu livro mais antigo (1500 a.C.), até o Apocalipse (90 d.C.), os livros foram escritos em hebraico, aramaico e grego em um período de quase dois milênios.

Eles foram realizados em três continentes: Ásia (Menor), África e Europa, por não menos que 40 autores de diferentes categorias sociais, ofícios e profissões, cuja maioria não se conheceu entre si, ainda que falaram sobre temas de extraordinária similitude, principalmente acerca das coisas por vir. Quando toda esta diversidade de personalidades, tempo e espaço coincidem de maneira tão exata no cumprimento de suas afirmações, as qualidades que se destacam da Escritura são sua maravilhosa unidade, autoridade e transcendência.

Veja agora abaixo 12 boas razões para comprar a sua Bíblia Textual:

1. INFORMAÇÃO

Mudanças de palavras. Mudança de significado. Alterações da coordenação e subordinação gramatical. Divergências verbais. Omissões. Adições. Interpolações.

  • O Evangelho de Marcos termina em 16:8
  • Manuscritos inferiores e tardios acrescentam 3 finais distintos:

Adição breve: “… mas eles informaram brevemente a Pedro e aos que estavam com ele, tudo o que havia dito. E depois disto, Jesus mesmo mandou através deles, do oriente ao ocidente, a sagrada e imperecível proclamação de salvação eterna.”

Adição intermediária: Mc 16:9-20 você poderá ver nas versões RV - NVI - JFA - BKJ 1611

Adição larga: … E eles se desculparam, dizendo: Esta época de desordem e incredulidade está sob Satanás, quem não permite que a verdade e o poder de Deus prevaleça sobre todas as coisas impuras dos espíritos. Por ele, revela tua justiça agora. Assim falaram a Cristo. E Cristo os respondeu: O período de anos do poder de Satanás há sido cumprido, mas outras terríveis coisas se aproximam. E para aqueles que pecaram, fui entregue para a morte, para que se voltem para a verdade e não pequem mais; a fim de que possam herdar a glória de justiça espiritual e incorruptível que está no céu.”

2. EXPLICAÇÃO

As emendas ao Texto Hebraico. Se expõem as 22 emendas feitas pelos Soferim no Original Hebraico.

Interpolações do Textus Receptus (TR): Uma interpolação é uma palavra ou fragmento acrescentado na transmissão de um texto.

O texto do Novo Testamento de Erasmo de Roterdam, base de quase todas as Bíblias, apresenta as seguintes:
Mateus 16:3; 17:21; 18:11; 21:44; 23:14
Marcos 7:16; 9:44 e 46; 11:26; 15:28 e 16:9-20
Lucas 17:36 e 23:17
João 5:4; 7:53 até 8:11 “perícope adúltera”
Atos 8:37; 9:5-6; 15:34; 24:7 e 28:29
Romanos 8:1 e 16:24
1a João 5:7-8 “Comma Joaneum”

As 22 emendas SoferimA Massorá (letra pequena nas margens dos mss hebraicos), consiste na concordância de vocábulos destinados a salvaguardar o Texto Sagrado. Em determinadas partes de alguns mss., encontramos na margem uma advertência que diz: Esta é uma das dezoito emendas dos Soferim. Na realidade, são mais de dezoito, mas se fala deste número como aquelas contidas na lista oficial. Estas emendas foram realizadas em uma época anterior a era cristã, e não podem ser consideradas como variantes textuais, posto que as respectivas notas marginais advertem que se tratam de emendas. A maior parte dela foram feitas mediante a troca de somente uma letra. Um cuidadoso exame nestas passagens mostram que o propósito de tais emendas se fez por um equivocado sentimento de reverência, eliminando do texto certos antropomorfismos que se supunham ofensivos a Deus. No entanto, desde a invenção da imprensa, os exemplares impressos da Bíblia Hebraica apresenta o texto sem as notas massoréticas sem a informação dessas emendas para o leitor comum. São elas: Gn 18:22; Nm 11:15; 12:12; 1Sm 3:13; 2Sm 12:14; 16:12; 20:1; 1Rs 12:16; 2Cr 10:16; Jó 7:20; 32:3; Sl 10:3; 106:20; Ed 3:21; Jr 2:11; Lm 3:20; Ez 8:17; Os 4:7; Hc 1:12; Zc 2:8 e Ml 1:13; 3:

3. PECULIARIDADES

Em passagens particulares, linguisticamente complexas, reflexa a intenção exata do original.

Mateus 16:19 e 18:18

A peculiar construção grega “estai dedemenon“, “estai lelumenon” = terá sido atado, terá sido desatado, mantém uma relação sintática no português que procura significar em sua origem o resultado de um acontecimento passado.

Uma coisa é supor que o Senhor endossará as ações pessoais de Pedro, a entender que suas ações (guiadas pelo Espírito Santo), seriam aquelas que haviam sido estabelecidas previamente (Jo 3:27; 19:11) conforme aquele que governa desde os céus (Mt 6:10; Dn 4:26)

Dar-te-ei as chaves do reino dos Céus, e tudo o que ates na terra terá sido atado nos Céus, e tudo o que desates na terra terá sido desatado nos Céus.

Com certeza vos digo: Tudo quanto atardes na terra terá sido atado no Céu, e tudo quanto desatardes na terra terá sido desatado no Céu.

4. FIDELIDADE

A proposta de tradução para a BTX (Bíblia Textual) é trazer ao leitor comum toda fidelidade e verdade com o texto bíblico.

João 7:33-34

Então, JESUS disse: Ainda estou convosco por um pouco de tempo, e vou ao que me enviou. Me buscareis e não me achareis, e onde Eu estou, vós não podeis ir. 

É lamentável, desde todo ponto de vista, que algumas traduções em português e espanhol não observem o tempo presente do verbo estar, e sem base alguma traduzem em futuro do indicativo (estarei) ou de subjuntivo (estiver), com perda total da força teológica da passagem. Outros exemplos adicionais que demonstram o esforço do grego para pontuar a deidade de Cristo são: Mt 23:37 (quis); Jo 8:49 (me) e Jo 14:6 (vem).

Jerusalém, Jerusalém, a que mata os profetas, e apedreja os que lhe têm sido enviados! Quantas vezes quis juntar os teus filhos, como a galinha junta seus pintinhos debaixo das asas, e não quisestes!

JESUS respondeu: Eu não tenho demônio; pelo contrário, honro meu Pai e vós me desonrais. 

JESUS diz-lhe: Eu sou o Caminho, e a Verdade, e a Vida; ninguém vem ao Pai senão por Mim. 

5. EXPRESSA 

Expressa compreensivelmente passagens que até o presente moviam a perplexidade.

Atos 1:18
Este comprou um campo do salário de sua iniquidade, e havendo-se inchado, rebentou pelo meio e foram derramadas todas as suas entranhas.

Gr. prenes. A inusual expressão havendo-se posto decúbito prono, traduzida geralmente como caindo de cabeça, dificilmente expressa que Judas ao enforcar-se (Mt 27:5), caiu de cabeça, e menos ainda, que “suas entranhas foram derramadas”. Separado do seu significado literal (decúbito promo = aquele em que o corpo se encontra de bruços), o adjetivo prenes é um término que em medicina forense define o inchaço do corpo ao sofrer uma necrose. O laudo foi dado por um médico especialista (Cl 4:14) quanto a isso não devemos duvidar. Ademais essa aplicação é a que melhor complementa a forma em que morreu Judas, o qual adquiriu um campo… e foi e se enforcou (Mt.27:5), e havendo-se inchado, rebentou-se

6. TRANSLITERAÇÃO

Nomes e títulos da Deidade (e outros). O nome pessoal de Deus tal como Ele quis ser chamado.

Elohim, Elohey, Ha-Elohim, Ha-El, YHVH, YH, YHVH-Sebaot, YHVH-Yireh, YHVH-Rafah, YHVH-Nissi, YHVH-Shalom, YHVH-Rá-ah, YHVH-Sidkenu, YHVH-Sama, Alef-Tav, Ayish, Palmoní, Shabbat, Ben, Logos, Parácletos, Mamón, Maran-atha, El-Shadday, El-Olam, El-Elyon, Ha-Gadol, Adonai

Especialmente no texto hebraico, certas palavras relacionadas aos nomes e títulos da Deidade foram transliteradas, bem como outros hebraismos que são explicados oportunamente para o benefício do leitor. Por exemplo, Gn 1:1 revela a pluralidade de Elohim como Criador do Universo. Isso é evidenciado em frases como fazemos o homem à nossa imagem, de acordo com nossa semelhança, embora imediatamente, sua unidade seja muito clara na singularidade do verbo criado em Gn 1:1; 26-27, etc.

Deuteronômio 6:4 confirma o conceito plural e unitário de Deus, quando afirma que “YHVH nosso Elohim (plural), YHVH (singular), um (ehadh) é”.

Agora, se o objetivo da proclamação fosse fixar a idéia de unidade absoluta da Deidade, certamente o registro hebraico seria yahadh, que denota unidade indivisível; mas, em vez disso, o Texto Sagrado usa ehadh, uma palavra que define um composto de partes unificadas, como: tarde e manhã, um dia; ambos serão uma só carne; Todos estes têm apenas um idioma, etc.

7. SIGNIFICADOS

Significados dos nomes, lugares, palavras.

Gênesis 6:6
E Elohim ponderou ter feito homem na terra. E ele se ressentiu …

Gênesis 11:31
Tera tomou Abrão, seu filho, Lot, neto, filho de Harã, e Sarai, sua nora, esposa de seu filho Abrão, e os trouxe para ir para a terra de Canaã, mas quando chegarem à terra de Canaã, eles vão morar lá.

Gênesis 22:9-10
E Abraão construiu o altar ali e arrumou a lenha, amarrou seu filho Isaac e colocou-o no altar, na lenha, e por causa do ato traidor, Abraão estendeu a mão e pegou a faca para matar seu filho.

Amós 7:9
Os altos lugares de folia serão devastados, os santuários de Israel serão demolidos, e eu me levantarei com a espada contra a casa de Jeroboão.

8. RELEVÂNCIA

O apego na literalidade do idioma original resulta em uma fidelidade de tradução, que transfere características de valor diferencial no significado estrutural da Versão. É dizer: As versões mais fieis são mais relevantes.

O verbo hebraico nâsâ cujo o significado primário é:
1) levantar,
2) carregar sobre si mesmo, e
3) tirar e jogar.

É utilizado também como a assunção de pecados de outros pela vía da substituição ou representação vicária. Assim entendido, a transposição do conceito de levar vicariamente o pecado até a ideia perdoar é muito natural. Sem embargo, em casos em que o pronome que acompanha ao verbo é enfático, não é legítimo traduzir perdoar mas sim carregar pessoalmente (Sl 32:5). O desenvolvimento doutrinal do verbo nâsâ cobra um particular sentido quando seu correspondente grego aíro é usado por João o Batista (Jo 1:29) a respeito de Jesus. Sem prejuízo ao anterior, é igualmente importante não esquecer que a primeira aceitação de levantar, e sempre conforme a analogia espiritual da Escritura e, devemos consequentemente traduzir em Jo 15:2 sem qualquer interferência doutrinal mas textual.

Sl 32:5b
Confessarei minhas transgressões a YHVH, E Tu mesmo carregaste a maldade de meu pecado

Jo 1:29b
Eis aqui o Cordeiro de DEUS, que carrega o pecado do mundo!

Jo 15:2a
Todo pâmpano que em Mim não produz fruto, levanta-o.

9. EXIBE

Exibe a riqueza da Graça Divina relacionada com a eterna segurança da salvação.

1Tm 2:14-15
E não foi enganado Adão, senão que a mulher, sendo completamente enganada, há incorrido em transgressão; porém será salva mediante o Nascimento, se permanecem em fé, amor e santificação, com sensatez.

O vocábulo teknogonias não define o ato de procriação, nem ao processo de maternidade, nem a criação dos filhos. Neste caso, o artigo determinante tes = o evidencia que Paulo não se refere a salvação física (preservação), mas a salvação espiritual que trouxe o nascimento de Cristo. Daqui, que este nascimento seja O NASCIMENTO por excelência.

1Pe 5:10
O DEUS de toda graça, que vos chamou a sua glória eterna em CRISTO, depois que padeçais um pouco de tempo, Ele mesmo vos aperfeiçoará, afirmará, fortalecerá, estabelecerá.

Note-se que os 4 verbos estão no indicativo do futuro, voz ativa.

10. CONTEXTO

Porque subordina a tradução ao contexto teológico da passagem.

Hb 9:16-17
Porque onde há um pacto, é necessário constatar a morte do pactuado. Pois um pacto é válido sobre vítimas mortas, e nunca tem vigência enquanto vive o pactuado.

A maioria das versões traduzem:
Porque, onde há testamento, necessário é que intervenha a morte do testador. Porque um testamento tem força onde houve morte; ou terá ele algum valor enquanto o testador vive?

Mas é evidente que isto se refere a um pacto mais que um testamento propriamente dito. Tanto o contexto anterior, no que Cristo é apresentado como mediador de um Novo Pacto, como o verso promulgado por meio de Moisés, confirmam esta proposta (Êx 24:5-8). A menção do racionamento com o sangue (v.21) mostra que o objeto de referencia é o sacrifício. Por outra parte, a palavra grega que se traduz por testamento é diatíthemi = destinado ou atribuído (Lc 22:29; At 3:25, Hb 8:10; 10:16). Seu uso mostra que o sacrifício mediante o qual foi solenizado o Pacto está realmente incluído em diathémenos.

Tomando em conta que a primeira aceitação de diathéke é pacto (2Co 3:6,14), e em conformidade com a aplicação diatíthemi nas passagens antes mencionadas, as decisões para a transferência dos vocábulos e da sintaxes têm tomado desde o ponto de vista do contexto teológico. É dizer, que a ideia de um legatário que recebe algo pela morte de um testador (sendo o testador aquele que estabelece o testamento) como expressão de sua última vontade, nos reflete bastante anti-bíblico, especialmente se alguém considera que o pactuante (o testador) é o Pai (!) (9:20), quem ratifica Seu pacto mediante o derramamento do sangue da vítima do pacto, isto é, Seu Filho (12:24).

11. ARQUEOLOGIA

Um novo enfoque crítico de Qumran.

Nova abordagem crítica de Qumran

Dt 32:43
Nesta passagem de Deuteronômio, o Texto Massorético (TM) é mais curto que a Septuaginta (LXX). O manuscrito de Qumran Q4QDeut conserva o texto hebraico mais longo, refletido na versão grega (LXX). Igualmente, a leitura nações paganas (TM) tem conotações de ser secundária a respeito a leitura “céus”, atestada pela LXX e transmitida por Qumran. Esta importante variante constitue mais uma evidencia do esforço massorético para desvirtuar a deidade de Jesus de Nazaré (Hb 1:6). 

Alegrai-vos, ó Céus, junto com Ele! 

E adorem-no todos os anjos de Deus. 

Alegrai-vos, gentios, com seu povo! 

E fortaleçam-se n’Ele todos os seus filhos. 

Porque se vingará o sangue dos seus servos, Ele tomará vingança e retribuirá com sentença a seus inimigos, Adonai expiará o sangue do seu povo.

12. FORMATO

Pela primeira vez na história da modernidade, a Bíblia Textual (BTX), 1ª Edição em português, se apresentará em uma com paginação de um roteiro. Sua sequência segue fielmente a ordem original, manuscrito utilizado pelo Senhor Jesus, seus apóstolos e a igreja primitiva. Para restaurar este formato tomamos em conta as seguintes considerações:

1. Autoridade inerente: O Autor exato agrupa o texto de maneira tripartida (Lc 24:44);

2. Historicidade: Baseada nas fontes mais antigas e confiáveis, que reconhecem a existência de um cânon de 49 livros: 22 do Velho Pacto e 27 do Novo Pacto;

3. Apelando ao bom senso, ao sentido comum, uma proposta de cronologia e de contemporaneidade segundo o ministério ativo dos profetas;

4. A temática, cujas características temporais ou atemporais permitem identificar devidamente os livros que integram os distintos grupos; e

5. A consideração de padrões numéricos artisticamente desenhados, exibidos em harmonia com muitos outros que se esforçam para mostrar que a “Mão invisível” que escreveu o Livro é, obviamente, a mesma que o compaginou.

Ordem dos livros Bíblia Textual

Categorias e rankings

Características

Editora
Largura
17 cm
Altura
24 cm
Profundidade
3 cm
ISBN
9786586996012
Qtd de páginas
1672
Encadernação
Capa luxo

BV Books

BV Books

Veja nossa lista completa de livros e bíblias da BV Books.

Compre em nossa loja com os melhores preços.

Saiba mais sobre a Gospel Goods

A Gospel Goods é uma livraria cristã online onde você compra de forma fácil e segura. Vendemos pela Internet desde 2006 e já atendemos a milhares de evangélicos em todo o Brasil, sempre buscando oferecer qualidade, bons preços e um excelente atendimento.

Nosso objetivo é oferecer livros e bíblias evangélicas para edificar você, sua família, seu ministério e sua igreja. 😃

Entre os ítens mais buscados em nossa loja, estão:

A Gospel Goods é a livraria cristã mais elogiada na Internet. Quem compra elogia e recomenda para os irmãos. É uma loja virtual confiável e segura, conheça nossos lançamentos e promoções.

Entre e receba promoções e novidades no seu whatsapp.

Entrar no grupo

Este é um serviço totalmente gratuito e você pode sair quando desejar.

Quem viu isso se interessou por:

Últimos lançamentos

Outros produtos: Bíblia

Opinião dos clientes

Deixe sua opinião sobre: Bíblia Textual - Luxo Marrom


Qual a nota que você dá para este produto?

Escreva sua opinião sobre o produto

(Não será divulgado)


Todas as opiniões enviadas se tornam propriedade da Gospel Goods e são aprovadas por nossa equipe antes de serem publicadas na loja virtual.