O poder da esposa que ora - Brochura - Stormie Omartian

2º Edição Ampliada

(1 avaliação)
Deus pode mudar uma situação aparentemente irremediável, mediante a oração constante e perseverante da esposa.
R$ 32,90  (Economize 27%)
Por: R$ 23,90
Em estoque: Envio imediato
Comprar

Natal Gospel Goods - Descontos e cupons promocionais

Inscreva-se e receba as ofertas exclusivas!

Mais Detalhes

- Não adianta insistir... Não nos entendemos mais.

- Eu e meu marido somos felizes, mas há momentos em que de fato não sei como agir...

- Minha melhor amiga vai se divorciar; como posso ajudá-la a salvar e renovar seu casamento?

Lares são destruídos porque os cônjuges acreditam que tudo já foi tentado e que não vale mais a pena investir no casamento.

Se essas situações são esporádicas; se elas refletem completamente sua vida ou a de alguém a quem você ama, acredite: há uma solução. Através de exemplos de relacionamentos - inclusive o da própria autora - que apresentavam os mais diversos tipos de problemas, Stormie Omartian mostra como Deus pode mudar uma situação aparentemente irremediável, mediante a oração constante e perseverante da esposa. Você acha que existe alguma coisa impossível para Deus? Veja o que a autora e outras mulheres aprenderam... Você quer tentar?

Categorias e rankings

Características

Largura
14 cm
Altura
21 cm
Profundidade
1 cm
ISBN
85-7325-178-6
Qtd de páginas
192
Encadernação
Brochura

Conecte-se com o Facebook para receber recomendações personalizadas:

Últimos lançamentos

Outros produtos: Stormie Omartian

Opinião dos clientes

Deixe sua opinião sobre: O poder da esposa que ora - Brochura - Stormie Omartian


Qual a nota que você dá para este produto?

Escreva sua opinião sobre o produto

(Não será divulgado)


Todas as opiniões enviadas se tornam propriedade da Gospel Goods e são aprovadas por nossa equipe antes de serem publicadas na loja virtual.
Jacob Teca Dunda (Uige- Angola)
A paz do senhor a todos irmãos em Cristo Jesus! na verdade os produtos são bons quando nós julgamos aquilo que queremos ou temos, diferente daqueles que não se interessam julgar o que tem ou seja o que quer, logo será dificil julgarmos quando nao sabemos se bom ou não. mais para mim julguei pela palavra é apto. (Publicado em 10/09/2014)